Madeira: Secretário do Mar e das Pescas diz que orçamento para o setor é “realista, coeso e transparente”

Teófilo Cunha destacou as verbas do programa europeu FEAMPA (Fundo europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura) que irão ser utilizadas na região, nomeadamente com dez milhões de euros para o entreposto frigorífico do Funchal.

O Secretário Regional do Mar e das Pescas, Teófilo Cunha, afirmou que o orçamento para o setor do Mar é “realista, coeso e transparente”, admitindo que “poderia ser mais ambicioso”, mas que responde às legítimas expetativas das populações, priorizando uma “gestão atempada”.

Teófilo Cunha destacou as verbas do programa europeu FEAMPA (Fundo europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura) que irão ser utilizadas na região, nomeadamente com dez milhões de euros para o entreposto frigorífico do Funchal.

A questão pendente da frota do peixe de espada preto não deixou de ser mencionada, admitindo Teófilo Cunha que ainda é “um problema por resolver” junto ao Governo da República e da União Europeia. Esta última, queixa-se o Secretário, tem se manifestado reticente em consagrar apoios para a renovação da frota, pelo que o Governo Regional se compromete a manter as negociações com Bruxelas.

Não obstante, o governante destacou também o investimento do Governo Regional em reservas marinhas, na aquacultura, o aproveitamento da água do mar para consumo, bem como o investimento em energias renováveis, a criação de postos de trabalho através de “políticas responsáveis”, no turismo náutico, na reparação naval e na segurança marítima.

Referindo a importância do setor do mar e das pescas, o qual corresponde a 10% do PIB da Região Autónoma da Madeira, Teófilo Cunha aproveitou para destacar a importância da “educação azul” para as novas gerações, para caminharmos para um maior crescimento deste setor da economia.

Recomendadas

Câmara do Funchal distingue empresários da restauração e duas associações de táxis em comemoração do Dia Mundial do Turismo

Pedro Calado enalteceu “a qualidade e a excelência” dos serviços prestados pelo sector de táxis, sublinhando que estes profissionais são muitas vezes “os grandes embaixadores da Madeira” e os primeiros a terem o contacto direto com os turistas quando chegam à cidade .

Comercialização de banana na Madeira aumentou 17,3% face ao ano passado

Do número total de bananas comercializadas de janeiro a agosto deste ano, 84,7% foi expedida, tendo como principal destino o Continente. Este valor era de 84,0% em 2021.

Valor mediano de avaliação bancária de habitação na Madeira atingiu máximos em agosto

Em agosto deste ano, o valor mediano de avaliação bancária de habitação RAM ficou em 1.385 euros/m2, um aumento de 1% em relação ao mês anterior e de 11,3% face ao mesmo mês do ano anterior.
Comentários