Mercado automóvel com quebra de 2,8% até agosto

O mercado automóvel em Portugal caiu 2,8% entre janeiro e agosto, face a igual período de 2021, com 120.093 novos veículos em circulação, segundo os dados da ACAP — Associação Automóvel de Portugal divulgados esta quinta-feira.

“De janeiro a agosto de 2022, foram colocados em circulação 120.093 novos veículos, o que representou uma diminuição de 2,8% relativamente ao período homologo de 2021”, refere a ACAP.

Os dados relativos apenas ao mês de agosto dão conta de que nesse mês foram matriculados pelos representantes legais das marcas que operam em Portugal um total de 13.214 veículos, o que traduz um aumento de 32,1% face ao mesmo mês de 2021.

Na comparação com os primeiros oito meses de 2019 e com agosto de 2019, o mercado regista quedas de, respetivamente, 36,3% e 17,6%.

Na análise das categorias de veículos, os dados hoje divulgados pela ACAP revelam que em agosto de 2022 foram matriculados em Portugal 11.349 automóveis ligeiros de passageiros novos, o que reflete um acréscimo de 42,4% face ao mês homólogo de 2021.

“Em comparação com agosto de 2019 o mercado registou uma queda de 8,7%”, salienta a ACAP.

No acumulado dos oito meses de 2022, as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 101.293 unidades, “o que se traduziu numa variação negativa de 0,4% relativamente a período homólogo de 2021”, sendo que na comparação com os oito meses do ano de 2019, “o mercado registou um decréscimo de 36,5%.

A mesma informação detalha ainda que 9,9% dos veículos ligeiros de passageiros novos matriculados são elétricos.

“De janeiro a agosto de 2022, 38,4% dos veículos ligeiros de passageiros matriculados novos eram movidos a outros tipos de energia, nomeadamente elétricos e híbridos”, refere o comunicado da ACAP, detalhando que “9,9% dos veículos ligeiros de passageiros novos eram elétricos”.

Relativamente aos ligeiros de mercadorias, o mercado registou em agosto uma evolução negativa, caindo 20,2% face ao mesmo mês de 2021, situando-se nas 1.450 unidades matriculadas.

Em termos acumulados, nestes oito meses já decorridos de 2022, este segmento de mercado atingiu 15.054 unidades, caindo 19,7% face ao mesmo período do ano de 2021.

No segmento de veículos pesados (que engloba as tipologias de passageiros e de mercadorias), os dados indicam que se registou um aumento homólogo de 93,0%, tendo sido comercializados 415 veículos desta categoria.

A ACAP detalha ainda que de janeiro a agosto de 2022 as matrículas desta categoria totalizaram 3.746 unidades, o que representou um aumento do mercado de 22,5% relativamente a janeiro a agosto de 2021.

Recomendadas

Saiba em que situações um veículo pode ser apreendido

É preciso reconhecer que a apreensão do veículo é diferente da remoção. Embora em ambas as situações o veículo possa ser retirado da via pública pela polícia, existem situações que distinguem estas duas ações.

Caramulo Motorfestival. Assista aqui

Assista em direto na JE TV à transmissão do Caramulo Motorfestival – Festival Internacional de Automóveis Clássicos e Desportivos, que decorre este fim de semana (2 a 4 de setembro) e que conta com o Jornal Económico como media partner.

Número de veículos eléctricos matriculados em Portugal aumentou 40,3% em agosto

Entre janeiro e agosto de 2022, foram matriculados em Portugal 36.469 veículos elétricos, representando um aumento de 20,5% face a igual período do ano anterior.
Comentários