Monkeypox. Portugal recebe até ao final do mês 2700 vacinas

“Temos já uma posição da comissão técnica de vacinação sobre quem são as pessoas candidatas a serem vacinadas”, explicou a Diretora-Geral da Saúde.  

Manuel de Almeida / Lusa

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, anunciou que o país vai receber 2700 vacinas até ao final do mês para vacinação dos contactos dos doentes.

“Já assinei hoje mesmo as vacinas que nos competem, com que fomos contemplados”, disse Graça Freitas aos jornalistas, assegurando que Portugal vai “receber essas vacinas até ao final do mês”

“Temos já uma posição da comissão técnica de vacinação sobre quem são as pessoas candidatas a serem vacinadas”, explicou a Diretora-Geral da Saúde.

Segundo Graça Freitas, a DGS está “a trabalhar em questões como o consentimento informado” e está em coordenação com “os clínicos, com a comissão técnica de vacinação”, bem como com os parceiros de outras instituições, “para quando no final do mês recebermos as vacinas termos uma orientação pronta”.

A responsável da DGS referiu ainda que a “vacinação é dirigida aos contactos dos doentes”.

Os últimos dados da DGS confirmam “mais 11 casos de infeção humana por vírus Monkeypox em Portugal, havendo, até ao momento, um total de 328 casos”.

Os infetados continuam a ser homens “entre os 19 e os 61 anos, tendo a maioria menos de 40 anos”. Os casos identificados “mantêm-se em acompanhamento clínico, encontrando-se estáveis”.

É recomendada a procura de aconselhamento clínico aos “indivíduos que apresentem erupção cutânea, lesões ulcerativas, gânglios palpáveis, eventualmente acompanhados de febre, arrepios, dores de cabeça, dores musculares e cansaço”.

Recomendadas
médicos

Quase um em cada três utentes esperam por médico de família há mais de dois anos

Dados de maio do Ministério da Saúde revelaram que os 1,3 milhões de utentes não tinham médico de família, sendo que em setembro de 2019 o número era de 614 mil.

Covid-19. Relatório de monitorização indica incidência e mortalidade com tendência decrescente

Relativamente aos internados em cuidados intensivos no continente também revelaram uma tendência decrescente.

Portugal registou 95.943 mil casos e 239 mortes de Covid-19 na última semana

A Direção-Geral da Saúde contabilizou menos 17.185 infeções e menos 22 óbitos nos últimos sete dias, em relação à semana anterior.
Comentários