Nuno Melo sobre Greta Thunberg: “A adolescente chorosa” que “navega mundo fora com estilo”

Também João Almeida do CDS veio a público deixar críticas ao “circo montado à volta de Greta” e à “cedência de muitos políticos” a um “triste espetáculo”.

José Coelho/Lusa

Dois dirigentes do CDS criticaram o que consideram ser o circo político à volta de Greta Thunberg,  a jovem sueca que tem percorrido o mundo para alertar para os riscos das alterações climáticas.

No dia em que a ativista ambiental chegou a Lisboa, Nuno Melo escreveu que os deputados que a foram receber são “uns deslumbrados. O eurodeputado centrista considera que Greta Thunberg é uma “adolescente chora” que “navega mundo fora com estilo”.

Num tuíte intitulado “How dare You. You have stolen my dreams” (Como se atrevem? Roubaram os meus sonhos), frase que fez parte do discurso de Greta Thunberg na sede das Nações Unidas em setembro, o deputado centrista partilhou uma foto da embarcação da ativista a chegar a Lisboa.

“Já de seguida, muitos deputados de pé, deslumbrados, aplaudindo a adolescente chorosa que os acusa de roubarem os sonhos e impedirem de ir à escola, enquanto navega mundo fora com estilo …”, escreveu Nuno Melo.

Também João Almeida do CDS veio a público deixar críticas ao “circo montado à volta de Greta” e à “cedência de muitos políticos” a um “triste espetáculo”. O deputado centrista defendeu nas redes sociais que é “preciso fazer política a sério” para que não fique tudo “na mesma”.

“O circo montado à volta de Greta e a cedência de muitos políticos a esse triste espectáculo mostra a superficialidade dos tempos que vivemos. Um ícone, meia dúzia de palavras de ordem, e tudo fica mais ou menos na mesma. É preciso fazer política a sério”, escreveu João Almeida.

A ativista sueca foi recebida em Lisboa por deputados de vários partidos políticos, incluindo o PCP, Bloco de Esquerda, PS, PAN e Livre. Já o CDS, Chega e Iniciativa Liberal não marcaram presença no evento.

 

 

Relacionadas

Greta Thunberg: “Os adultos subestimam a força das crianças zangadas”

“Muitas pessoas não querem a mudança e fazem de tudo para a evitar”, disse a ativista ambiental em Lisboa, antes de partir para a cimeira do clima COP 25 em Madrid.

Greta: Antes de Madrid, a ativista fica mais uns dias na “bonita Lisboa”

Foram 21 dias em alto mar, a atravessar um Oceano Atlântico com alguma turbulência. Agora, apesar de tudo indicar que a partida acontecia ainda hoje, Greta Thunberg revelou que a estadia em Lisboa estende-se por mais de oito horas.

Greta Thunberg já chegou a Lisboa: “Não vou parar. Nenhum país do mundo está a fazer o suficiente”

De Lisboa, a jovem ativista vai para Madrid para participar na cimeira do clima COP 25, organizada pelas Nações Unidas, onde o mundo vai se reunir para debater as alterações climáticas.

Marcelo elogia Greta Thunberg mas recusa “tirar proveito” da sua passagem por Portugal

“A política não é isso. A política é verdadeiramente lutar pelas causas, e não tirar proveito pessoal das causas”, acrescentou o Presidente da República.

Jovens ativistas portugueses recebem Greta Thunberg: “Não existe plano B”

Enquanto espera pela embarcação ‘La Vagabonde’, os ativistas portugueses apelam ao boicote da utilização dos aviões devido às elevada quantidade de emissões de dióxido de carbono.

Para chegar a Madrid, Greta vai ter de apanhar comboio a gasóleo

Apesar de a maioria do percurso entre as duas capitais ibéricas estar eletrificado, existe ainda um troço de 100 quilómetros que vai ter de ser feito com uma locomotiva a gasóleo.

Miguel Sousa Tavares: “Greta Thunberg é a Joacine Katar Moreira da Escandinávia”

O comentador comparou a ativista à deputada portuguesa a quem já acusou de ter “mais pose do que substância”. Miguel Sousa Tavares também deixou críticas aos jovens por se manifestarem pelo ambiente e depois irem a “correr para comprar gadgets no Black Friday”.
Recomendadas

Moreira da Silva considera lamentável a presença do PSD na convenção do Chega

O ex-dirigente social-democrata Jorge Moreira da Silva lamentou este domingo a presença do PSD na sessão de encerramento da V Convenção Nacional do Chega, em Santarém, considerando que normaliza um “partido racista”.

Maiorias absolutas podem muito pouco contra maiorias sociais, diz Catarina Martins

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, defendeu este domingo que as maiorias absolutas “podem muito pouco contra maiorias sociais”, acusando o executivo de uma “absoluta arrogância de quem não ouve o país”.

JPP/Madeira vai denunciar à PGR declarações sobre ‘obras inventadas’ na região

O JPP/Madeira anunciou este domingo que vai apresentar uma queixa à Procuradoria-geral da República relacionada com as declarações do ex-deputado do PSD Sérgio Marques as alegadas ‘obras inventadas’ na região.
Comentários