Os preços praticados pela restauração têm de estar afixados de forma visível aos consumidores

Os preços de venda e por unidade de medida devem ser indicados em dígitos de modo visível, inequívoco, fácil e perfeitamente legível por qualquer consumidor. Portanto, nada de letras minúsculas ou com grafismo ininteligível.

8 – Trabalhadores de restaurantes

A lista do dia e os preços praticados, com taxas e impostos incluídos, devem estar obrigatoriamente afixados à entrada do estabelecimento, com toda a clareza, e em local bem visível do exterior.

Os preços de venda e por unidade de medida devem ser indicados em dígitos de modo visível, inequívoco, fácil e perfeitamente legível por qualquer consumidor. Portanto, nada de letras minúsculas ou com grafismo ininteligível.

Saiba que se o estabelecimento tiver espaço exterior – esplanada ou terraço – e os preços forem diferentes dos praticados no interior, essa informação deve estar inequivocamente afixada.

 

 A informação de que esse estabelecimento pratica diferentes preçários tem de ser publicitada para não induzir o consumidor em erro. Perante este cenário, o estabelecimento é obrigado a afixar nesse espaço exterior a lista do dia e os preços praticados, com taxas e impostos incluídos.

 

A lista de preços deve ser também obrigatoriamente redigida em português, sendo que nas zonas turísticas, designadamente nos centros históricos das cidades, marinas e apoios de praia, a referida lista poderá ser redigida também em língua inglesa ou outra língua oficial da UE.

Se sentir lesado perante alguma destas situações, reclame! Peça o livro de reclamações do estabelecimento.

 

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e Youtube!

 

 

Recomendadas

A partir de janeiro é necessário reservar e pagar taxa para entrar em Veneza

A partir de 16 de janeiro de 2023 será obrigatório reservar a entrada e pagar taxa na cidade italiana de Veneza, que se tornará a primeira do mundo a adotar este sistema para controlar o turismo de massas, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Transportes rodoviários com mais descontos na Lezíria do Tejo a partir de hoje

Os passes municipais e intermunicipais passam a beneficiar de um desconto de 50%, bem como o passe inter-regional Lezíria do Tejo/Alentejo Central e o passe Inter-regional Lezíria do Tejo/Área Metropolitana de Lisboa.

“Aqueles que podem gastar são bem-vindos”. Butão reabre ao turismo em setembro

Os turistas terão de pagar uma “taxa de desenvolvimento sustentável” de 200 dólares por turista por noite para compensar o impacto carbónico dos visitantes, segundo as autoridades. Em comparação, nos últimos 30 anos a taxa ficava-se nos 65 dólares/noite.
Comentários