“Património sustentável” é o mote das Jornadas Europeias do Património 2022

Conservar e divulgar o património europeu é valorizar a História, a diversidade e a riqueza cultural da Europa. E setembro é, mais uma vez, o mês de sensibilizar portugueses e europeus para esta causa, já a partir de dia 23.

As Jornadas Europeias do Património decorrem nos dias 23, 24 e 25 de setembro sob o mote “Património Sustentável”. Principal desafio? Explorar medidas que possam contribuir para proteger o vasto património cultural europeu no contexto das alterações climáticas e degradação ambiental.

Estão previstas centenas de iniciativas para estes três dias de celebração em todo o país, tendo em mente o papel ativo das comunidades e do património “no processo de construção de um futuro mais sustentável e resiliente”, como salienta a Direção-Geral do Património Cultural.

Esta iniciativa anual envolve os 50 países signatários da Convenção Cultural Europeia, unidos na vontade de proteger e salvaguardar a riqueza e a diversidade culturais da Europa.

Europa promove Jornadas do Património desde 1985

As Jornadas Europeias do Património são coorganizadas pela União Europeia e pelo Conselho da Europa, que lançaram esta iniciativa conjunta em 1985. Durante as Jornadas, milhares de monumentos e sítios, alguns deles fechados ao público durante o resto do ano, abrem as suas portas ao público. Este é, aliás, um dos eventos culturais participativos que mais adesão tem por parte dos europeus.

Além de dar a conhecer o património cultural comum e de contribuir para a salvaguarda do património europeu para as gerações presentes e futuras, esta iniciativa visa, também, combater o racismo e a xenofobia e promover uma maior tolerância para com outras culturas em toda a Europa, assim como sensibilizar os Estados-membros Europa para os desafios sociais, políticos e económicos que o sector cultural enfrenta.

Acompanhe aqui toda a programação das Jornadas Europeias do Património 2022.

Recomendadas

Real Fado e Museu da Água juntam-se para concertos de fado intimistas na Galeria Subterrânea do Loreto

A primeira sessão arranca hoje, no Dia Mundial da Música e no Dia Nacional da Água, e decorre todos os meses numa das cinco galerias do sistema Aqueduto das Águas Livres.

Festival Futurama arranca amanhã em Mértola

Ao longo de quatro fins de semana, o Baixo Alentejo abre-se ao público como um laboratório de experimentação e de apresentação de diálogos transdisciplinares, com mais de 40 artistas portugueses e espanhóis em espaços patrimoniais, culturais e naturais.

“Discover the Art of the Airport” no Aeroporto Internacional de Hamad

O Qatar tornou-se num dos primeiros países do Golfo a estabelecer um programa de arte pública contemporânea abrangente, liderado pelo Qatar Museums, com o objetivo de integrar a arte na vida quotidiana. O programa incluiu aproximadamente 70 obras de mais de 60 artistas do Qatar, do Médio Oriente e de todo o mundo.
Comentários