Presidente da Assembleia da Madeira coloca economia e emprego entre as prioridades para 2021

Entre as prioridades apontadas pelo presidente da Assembleia Regional da Madeira está ainda o restabelecimento da estabilidade e o tecido social bem como a redução das desigualdades, e por fim alcançar um novo modelo de financiamento das autonomias perante o Estado.

O presidente da Assembleia da Madeira, José Manuel Rodrigues, identificou três prioridades para a região, em 2021, numa sessão de cumprimentos com o presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque.

Entre as prioridades estão a recuperação da economia e o emprego, o restabelecimento da estabilidade e o tecido social bem como a redução das desigualdades, e por fim alcançar um novo modelo de financiamento das autonomias perante o Estado.

“Estou certo que o parlamento estará, em conjunto com o Governo, nestas três frentes”, reforçou o presidente da Assembleia Regional.

José Manuel Rodrigues destacou ainda a “cooperação institucional exemplar” existente entre a Assembleia Regional e o executivo madeirense, o que tem contribuído para ajudar no combate à pandemia.

O presidente da Assembleia felicitou o executivo pela “ação decisiva e corajosa” no controlo da pandemia, e apelou a que a população siga as diretrizes do Governo Regional e das autoridades de saúde, de modo a que os convívios “sejam comedidos e menos intensos, sem deixar de haver a alegria da Festa”.

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, o Vice-Presidente do Governo Regional, Pedro Calado, e o Secretário Regional de Economia, Rui Barreto, apresentaram esta manhã cumprimentos de Natal ao Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, numa comitiva reduzida devido à pandemia.

Governo Regional espera recuperação na saúde pública e economia em 2021

Já o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, espera que em 2021 a região inicie a recuperação, quer na saúde pública quer na economia.

Albuquerque assegurou “total disponibilidade de colaboração” do Governo Regional, e também “com o respeito e a presença do Governo no órgão soberano da Autonomia política”, que é a Assembleia Regional.

O governante disse ainda que o Governo Regional “respeita e leva em linha de conta” a Assembleia como um alicerce base da Autonomia política.

“O único regime, curiosamente, parlamentar em Portugal é o da Madeira. Temos um regime parlamentar puro onde o Governo responde diretamente à Assembleia e sobretudo numa Assembleia bem representativa dos madeirenses, uma vez que temos um círculo único”, reforçou.

Recomendadas

Açores: Tribunal de Contas acolhe primeiro Encontro de Jovens Auditores da CPLP

“O Auditor do Futuro” é o tema deste primeiro Encontro, organizado pela Secção Regional dos Açores, que traz a Ponta Delgada quase meia centena de jovens auditores com idades até aos 35 anos.

BE alerta para aumento dos “fenómenos de exclusão e pobreza” na Madeira

A coordenadora do Bloco de Esquerda considerou que a região autónoma “está atrasada” no apoio à população sem-abrigo, nomeadamente ao nível das respostas previstas na estratégia nacional, como o projeto “casa primeiro”.

Madeira: Proteção Civil reforça atividade física nos Corpos de Bombeiros

A iniciativa do Serviço Regional de Proteção Civil começou no ano de 2018 em parceria com a Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, sendo a mesma reforçada em 2022, com a colaboração de dois preparadores físicos.
Comentários