Reforma fiscal de Trump cada vez mais perto de avançar após ‘sim’ do Senado

Na rede social Twitter, o presidente norte-americano explicou que se a reforma for aprovada haverá uma conferência de imprensa na Casa Branca, aproximadamente às 13 horas [hora local].

O Senado dos Estados Unidos da América aprovou esta madrugada a reforma mais ampla do sistema tributário do país em mais de 30 anos. A aprovação final fica concluída depois de o diploma voltar para a Câmara dos Representantes na quarta-feira de manhã para uma questão processual.

Na rede social Twitter, o presidente norte-americano explicou que se a reforma for aprovada haverá uma conferência de imprensa na Casa Branca, aproximadamente às 13 horas da tarde [hora local].

A Câmara dos Representantes aprovou, na noite passada, a reforma fiscal proposta pelo presidente Donald Trump. Registaram-se 227 votos a favor e 203 contra um pacote de medidas que, a serem aplicadas, representarão uma das maiores vitórias do mandato do governante. Depois da aprovação pela Câmara dos Representante, seguiu-se a votação no Senado, esta noite (madrugada em Portugal).

A principal alteração legislativa é a redução dos impostos sobre as empresas, que será de 21%, em vez da taxa atual, que varia entre 15% e 35%. De acordo com uma sondagem divulgada pela CNN, mais de metade (55%) dos norte-americanos opõem-se à reforma, com dois terços a considerarem que aproveita mais aos ricos do que à classe média.

Relacionadas

Wall Street fecha com índices em queda em dia de aprovação da reforma fiscal

Em dia de reforma fiscal aprovada pelo Congresso a bolsa caiu.. Uma das beneficiadas será a Apple que pode economizar quase 50 mil milhões de dólares com a reforma tributária de Trump, mas caiu em bolsa 1,07%.

Taxa de aprovação de Trump atinge mínimo histórico de 35%

A cerca de um mês do primeiro aniversário da sua tomada de posse como presidente dos EUA, Donald Trump regista a mais baxa taxa de aprovação para um presidente norte-americano no primeiro ano de mandato. A maioria dos inquiridos em sondagem da CNN opõe-se à reforma fiscal de Trump.
Recomendadas

Empresas precisam de mudanças que deem sinal de esperança, diz bastonária dos contabilistas

Paula Franco tem “expectativa” de que no próximo Orçamento do Estado sejamos “surpreendidos com medidas que aumentem a confiança”.

Governo quer prolongar Programa Regressar e aumentar o benefício do IRS Jovem

O Governo quer prolongar o regime fiscal associado ao programa Regressar e aumentar o benefício anual do IRS Jovem, segundo a proposta do acordo de rendimentos e competitividade que está a ser hoje discutida na Concertação Social.

Apoios às famílias: “Vamos até onde podemos ir”, diz Medina

O ministro das Finanças é ouvido esta quarta-feira pelos deputados da Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia da República. Fernando Medina fala nesta comissão uma semana depois de ter sido apresentado o pacote de medidas de apoio às famílias e a menos de um mês do prazo de entrega da proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023).
Comentários