Renovação de Mbappé. Presidente da UEFA apoia regras do fair play financeiro (com áudio)

Aleksander Ceferin respondeu aos protestos que chegaram de Espanha e dirigiu-se ao Real Madrid e à liga espanhola. Garante que as regras do fair play financeiro são “bastante restritas”.

O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, veio a público a propósito da milionária renovação do vínculo de Mbappé pelo Paris Saint Germain (PSG), para dizer que o organismo não recebe instruções de fora, apontando o dedo ao Real Madrid e à liga espanhola. As críticas levantaram-se depois da oficialização do contrato, devido aos valores envolvidos, noticiados pela imprensa internacional.

O esloveno de 54 anos reiterou que ninguém dirá “o que fazer” à UEFA e lembrou que as “regras do fair play financeiro” são “bastante restritas”. De recordar que estas têm por objetivo evitar que os gastos de cada clube excedam um determinado montante a cada período de três anos.

Ceferin garante que “nem o Real Madrid nem mais ninguém vai dar instruções à UEFA. Eles estão indignados mas, tanto quanto sei, a oferta que fizeram foi semelhante [à do PSG].”

As declarações surgem depois de o presidente da liga espanhola, Javier Tebas, ter descrito o novo contrato do avançado como um “insulto ao futebol”, tendo mesmo chegado a dizer que é um caso “escandaloso”.

Recomendadas

Jogos Olímpicos 2024. Empresa portuguesa recebe cinco milhões para construção arquitetónica

O contrato está inserido numa operação de 136 milhões de euros e visa a construção da Arena Porte de la Chapelle, que vai servir de palco para os Jogos de 2024.

A estrela basca que vai jogar pelo Gana e defrontar Portugal

Iñaki Williams, jogador do Athletic Bilbao e recordista de jogos consecutivos na liga espanhola, aceitou a oferta do país onde nasceram os seus pais e pode representar a seleção africana no campeonato do mundo que se aproxima.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
Comentários