“Respeitamos a decisão da Câmara do Funchal”. Lidl responde à CMF por desaprovar espaço no Largo Severiano Ferraz

Por outro lado, a cadeia alemã diz que o terreno no Largo Severiano Ferraz tem grande relevância para a empresa, bem como para os seus clientes, já que o espaço possibilitaria às pessoas poderem fazer compras a pé, sem necessidade de usarem o carro, reduzindo “significativamente” potenciais problemas de trânsito. 

Na reunião semanal da última quinta-feira, a Câmara Municipal do Funchal (CMF) deu parecer negativo à instalação de um espaço Lidl no quarteirão da Madeira Wine, no Largo Severiano Ferraz, e a resposta da gigante de supermercados alemã não se fez tardar.

“Respeitamos a decisão da Câmara Municipal do Funchal –nomeadamente no que diz respeito à arquitetura e ao acesso de camiões”, refere o Lidl numa nota.

Por outro lado, a cadeia alemã diz que o terreno no Largo Severiano Ferraz tem grande relevância para a empresa, bem como para os seus clientes, já que o espaço possibilitaria às pessoas poderem fazer compras a pé, sem necessidade de usarem o carro, reduzindo “significativamente” potenciais problemas de trânsito.

Agora, a cadeia alemã propõe “alternativas que consigam alinhar a vontade positiva, tanto dos políticos como dos habitantes do centro do Funchal”.

De facto, na mesma reunião semanal em que o parecer negativo da CMF foi dado a conhecer, a autarquia funchalense aprovou três ‘Pedidos de Informação Prévia’, uma na Zona do Amparo, na Avenida Mário Soares; outra no sítio do Poço Barral (ex-AKI) e uma terceira unidade, na Rua do Dr Pita.

“O Lidl mantém o seu relacionamento e colaboração com as Autoridades da Região Autónoma da Madeira, sendo estas sempre muito positivas e com uma clara orientação aos resultados”, refere ainda a gigante alemã, concluindo que o objetivo do Lidl continua a se manter na ilha: “oferecer a máxima qualidade aos melhores preços, nas melhores localizações possíveis”.

 

 

 

 

Relacionadas

Câmara do Funchal dá parecer negativo à instalação da Lidl no Largo Severiano Ferraz

Por outro lado, a autarquia funchalense aprovou três Pedidos de Informação Prévia, uma na Zona do Amparo, na Avenida Mário Soares; outra no sítio do Poço Barral (ex-AKI) e uma terceira unidade, na Rua do Dr Pita.
Recomendadas

Madeira: Sociedade Metropolitana de Desenvolvimento disponibiliza máquina ATM Express na Praça CR7

As caixas ATM são especialmente direcionadas para os turistas, sector que têm vindo a atingir valores históricos na Região.

Madeira supera 1,1 milhões de dormidas no alojamento turístico em agosto

As estimativas para as dormidas de agosto de 2022 superam em 67 mil o valor do mês anterior, passando assim a constituir o registo mensal mais alto de sempre observado no alojamento turístico da Região.

Madeira investe 923 mil euros na reabilitação da ER 103 entre o Terreiro da Luta e o Poiso

Pedro Fino explicou que esta obra não foi financiada com fundos europeus, mas que a Região aguarda a abertura do novo quadro comunitário, contando que deverá haver enquadramento para o financiamento da reabilitação desta estrada.
Comentários