Restaurantes vão ter de fechar às 22h30 na noite de passagem de ano em Portugal continental

O Governo reviu as regras que vão vigorar na noite de passagem de ano, obrigando os restaurantes agora a fechar mais cedo face ao horário anunciado há duas semanas.

Os restaurantes vão ter de fechar às 22h30 a 31 de dezembro, na noite de passagem de ano, fechando assim mais cedo face ao anunciado pelo Governo há 15 dias.

Esta é uma das medidas anunciadas hoje pelo Governo que decidiu limitar a circulação nessa noite a partir das 23 horas. O intervalo de meia hora deverá servir para os cidadãos dirigirem-se à sua residência.

Desta forma, o Conselho de Ministros decidiu hoje “rever os horários de funcionamento dos restaurantes, em todo o território continental, estabelecendo-se que, no dia 31 de dezembro, o funcionamento é permitido até às 22h30”.

Já nos dias 1, 2 e 3 de janeiro o encerramento fica estipulado às 13h00, “exceto para entregas ao domicílio”.

O Governo endureceu hoje as medidas que vão vigorar na noite de passagem de ano, devido ao número de mortos por Covid-19 ainda continuar elevado.

“Tendo por base a reavaliação da situação epidemiológica no país, o Conselho de Ministros atualizou a lista dos concelhos de risco, manteve as regras anteriormente definidas para o período do Natal e procedeu ao agravamento das medidas para o período do Ano Novo”, segundo o comunicado do executivo.

Ficou assim decidido “aplicar a proibição de circulação na via pública a partir das 23h00 do dia 31 de dezembro, e nos dias 1, 2 e 3 de janeiro a partir das 13h00”.

Ao mesmo tempo, manteve-se a “proibição de circulação entre concelhos entre as 00h00 do dia 31 de dezembro de 2020 e as 05h00 do dia 4 de janeiro de 2021, salvo por motivos de saúde, de urgência imperiosa ou outros especificamente previstos”.

Relacionadas

António Costa perspetiva descida no número de óbitos por Covid-19 para a próxima semana

“Costuma haver uma dilação temporal em que os novos casos de infeções baixam e só depois diminuímos o número de novos óbitos. Provavelmente, e de acordo com as últimas previsões, para a próxima semana vão descer o número de novos hábitos”.

Ano novo: liberdade de circulação restrita a partir das 23 horas no dia 31 de dezembro em Portugal continental

A proibição de circulação vai estar em vigor para todos os concelhos de Portugal continental. Já nos dias 1, 2 e 3 de janeiro, a circulação fica limitada a partir das 13 horas. O natal fica inalterado face às regras anunciadas a 5 de dezembro.

139 mil pessoas vão ser vacinadas até ao final de janeiro em Portugal

Em dezembro, serão vacinados no país 9.750 profissionais que vão receber as primeiras doses que chegam ao país entre 24 e 26 de dezembro, com a vacinação a arrancar a 27 de dezembro.
Recomendadas

Novobanco pesou 37,6% do dinheiro injetado pelo Estado na banca desde 2008 até 2021

A CGD beneficiou de 5.458 milhões de euros; o BES/Novobanco recebeu 8.291 milhões (valor do saldo negativo para o Estado); o BPN consumiu 6.146 milhões; o BPP beneficiou de 268 milhões e o Banif 2.978 milhões. Isto são as causas para o saldo desfavorável para o Estado que soma 22.049 milhões de euros.

Governos podem precisar de taxar empresas de energia para ajudar os mais pobres, diz CEO da Shell

O presidente executivo da Shell considera que o mais importante é “proteger os mais pobres” e como tal os governos podem vir a precisar de taxar empresas de energia. “Há uma discussão a ser feita sobre isso, mas acho que é inevitável” a necessidade de intervenção, considerou.

TdC identifica mais de 12 mil milhões de euros de despesa com 186 benefícios fiscais em 2021

O organismo alerta para a inconsistência com os 336 benefícios mencionados pela Autoridade Tributária, para a concentração do recurso a estas medidas em poucos beneficiários e para a falta de avaliação quanto ao impacto real das mesmas.
Comentários