Rio pede esclarecimento no caso de refugiados recebidos por pró russos

A suspeita que existe tem de ser esclarecida, se calhar havia ali alguém ligado ao regime russo a questionar ucranianos

O presidente do PSD, Rui Rio, apelou ao esclarecimento da situação noticiada pelo “Expresso” onde foi divulgada a informação de que refugiados ucranianos foram recebidos por pró-russos no gabinete de apoio da autarquia comunista de Setúbal.

“É evidente que aquilo que ali está obriga a que se esclareça bem aquilo que tem acontecido. A suspeita que existe tem de ser esclarecida, se calhar havia ali alguém ligado ao regime russo a questionar ucranianos sobre eles e sobre as famílias que lá ficaram”, sublinhou Rui Rio a partir do Parlamento.

O “Expresso” também deu nota que os refugiados estavam a ser questionados sobre o paradeiros de familiares que ficaram para trás na Ucrânia.

“Portanto, foi assim ou não foi assim? Tem de ser esclarecido”, garantiu o líder social democrata.

Esta sexta-feira o PSD já tinha admitido pedir a demissão do presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins (CDU).

“No dia 20 de Abril questionámos a maioria CDU na Câmara de Setúbal sobre este assunto e apelámos a que a situação fosse alterada, até por uma questão de sensibilidade das pessoas que fugiram da guerra, para que não fossem recebidas por russos”, disse à agência Lusa o vereador do PSD Paulo Calado, acrescentando que “a confirmar-se o que vem hoje no jornal Expresso, o caso é ainda mais grave”.

Relacionadas

Refugiados recebidos por pró-russos: PCP diz ser importante perceber se “é caso único”

“A primeira pergunta que se coloca é de facto se isto é um caso único ou se existe uma generalidade de associações que são solidárias”, disse Jerónimo de Sousa.

Câmara de Setúbal “repudia quebra de sigilo no tratamento de dados de cidadãos ucranianos”

A Câmara de Setúbal vai “solicitar ao Ministério da Administração Interna que adote, de imediato, os necessários procedimentos no sentido de averiguar a veracidade das suspeitas veiculadas”.

Refugiados ucranianos foram recebidos na autarquia comunista de Setúbal por russos

A notícia em causa foi divulgada pelo “Expresso”, que adianta que os cidadãos admitem ter medo das consequências desse contacto, pois viram os seus documentos pessoais serem copiados, e as mulheres questionadas sobre o paradeiro dos maridos. IL e PSD querem ouvir o autarca no Parlamento.
Recomendadas

Ucrânia: Macron e Scholz pedem a Putin libertação de 2.500 militares de Azovstal

O presidente francês, Emmanuel Macron, e o chanceler alemão, Olaf Scholz, pediram este sábado ao presidente russo Vladimir Putin para libertar 2.500 combatentes ucranianos que estavam na fábrica de aço Azovstal, em Mariupol, e foram feitos prisioneiros pelos russos.

Europa devia olhar para África para reduzir dependência do gás russo

“A Europa na minha opinião devia olhar para áfrica. A África tem imenso gás”, disse o presidente do Banco Africano de Desenvolvimento.

Rússia testa míssil hipersónico que Putin considera “invencível”

O míssil Zircon foi disparado da fragata Almirante Gorshkov no Mar de Barents contra um alvo nas águas árticas do Mar Branco, segundo informações avançadas pelo Ministério da Defesa russo num comunicado citado pela agência de notícias France Presse (AFP).
Comentários