Sudão anuncia estado de emergência em duas regiões do país

Segundo a agência de notícias do governo Suna, o governo não explicou o motivo desta decisão. Entretanto, a Reuters avançou que se trata de uma estratégia enquadrada na campanha de desarmamento que começou perto de Darfur e do Nilo Azul em outubro.

O presidente do Sudão, Omar al-Bashir, anunciou que foi decretado este sábado estado de emergência nos Estados de Kassala e Cordofão do Norte.

Segundo a agência de notícias do governo Suna, o governo não explicou o motivo desta decisão. Entretanto,  a Reuters avançou que se trata de uma estratégia enquadrada na campanha de desarmamento que começou perto de Darfur e do Nilo Azul em outubro.

De acordo com a agência Efe, o estado de emergência já está em vigor em outros sete estados que estão em conflito: os cinco do Darfur (onde o governo combate os rebeldes desde 2003), Cordofão do sul e Nilo Azul.

Recomendadas

Irão: Guarda Revolucionária ataca grupos curdos no Iraque

A poderosa Guarda Revolucionária do Irão desencadeou hoje uma onda de ataques com ‘drones’ e artilharia no norte do Iraque, visando o que Teerão diz serem bases de separatistas curdos iranianos, indicou agência noticiosa semioficial Tasnim.

António Guterres pede fim da “era da chantagem nuclear” e apela a “recuo”

O secretário-geral da ONU, António Guterres, apelou hoje ao fim da “era da chantagem nuclear”, afirmando que o uso de armas nucleares levaria a um “armageddon humanitário”, tornando necessário um “recuo” face às atuais tensões.

Ucrânia. Reino Unido sanciona organizadores de “referendos fraudulentos”

O Reino Unido anunciou hoje sanções contra 33 indivíduos ligados a “referendos fraudulentos” sobre a integração na Rússia de regiões da Ucrânia sob ocupação russa.
Comentários