Supermercados ‘online’ ganham fãs em Portugal. Há mais um operador no mercado

A última novidade em Portugal nesta matéria é o 360hyper.pt, um supermercado totalmente ‘online’ onde o consumidor pode encontrar produtos de mercearia, frescos, lacticínios, congelados, puericultura, entre outros.

É uma das grandes tendências provocada pelo surto do coronavírus: a opção crescente dos consumidores por efetuarem as suas compras em canais alternativos digitais, ‘online’, em detrimento das lojas físicas.

As grandes cadeias de distribuição estão a registar acréscimos entre cinco e seis vezes no comércio digital face ao período prévio à pandemia e estão a surgir diversas iniciativas empresariais para aproveitar esta alteração comportamental.

A última novidade em Portugal nesta matéria é o 360hyper.pt, um supermercado totalmente ‘online’ onde o consumidor pode encontrar produtos de mercearia, frescos, lacticínios, congelados, puericultura, entre outros.

As opções de entrega são entre três horas e três dias. Neste momento, as entregas irão decorrer apenas na área da Grande Lisboa, mas os responsáveis do 360hyper garantem que dentro de duas semanas estarão disponíveis “em praticamente todo o país”.

“Portugal tem a partir desta semana mais um supermercado ‘online’: o 360hyper.pt. Neste novo ‘marketplace’, marca do grupo 360imprimir, poderá encontrar mais de cinco mil produtos das principais gamas: mercearia; frescos; congelados; produtos de higiene pessoal e para o lar, bebidas e puericultura”, destaca um comunicado da empresa.

O mesmo documento acrescenta que , “as entregas são, para já, efetuadas na Grande Lisboa (50 quilómetros de área de abrangência), sendo que chegará, no prazo de duas semanas, a praticamente todo o país”.

“A proposta de valor assenta também em entregas rápidas a partir de três horas. Esta é uma solução única no mercado português, e de especial importância no contexto que todos vivem”, adianta o referido comunicado.

Os responsáveis do 360hyper garantem que, “em breve, a empresa irá adicionar novas lojas à plataforma (ex: peixe fresco diretamente do mercado, comida pré-cozinhada, entre outras novidades a apresentar nas próximas semanas)”.

“A empresa tem recebido várias abordagens de parceiros capazes de providenciar produtos de primeira necessidade e de qualidade superior. Serão apresentadas novidades ao longo das próximas semanas”, assegura o comunicado da empresa.

A oferta atual de produtos irá aumentar, garante Sérgio Vieira, CEO do 360hyper.pt. “No momento em que os portugueses fazem um enorme esforço para ficar em casa, devido a esta pandemia, o 360hyper.pt é uma nova solução para comprar os seus bens essenciais sem sair de casa, com opções de entrega a partir de três horas. Queremos que os nossos clientes tenham a oportunidade de realizar as suas compras de manhã, comodamente e em segurança na sua casa, e que as possam receber antes de almoço. Para já, as entregas serão realizadas na Grande Lisboa, mas chegaremos em breve a grande parte do Continente”, assume este responsável.

“O 360hyper.pt é uma empresa 100% portuguesa, do mesmo grupo da empresa 360imprimir, um grupo conhecido pelo seu ‘know-how’ tecnológico e em ‘e-commerce’. No terreno, conta com uma equipa de grossistas e outros parceiros de qualidade, em complementaridade com uma rede de estafetas dedicada a oferecer uma solução que, entre outros benefícios, permite reduzir os ricos de contágio da Covid-19”, conclui o referido comunicado.

Recomendadas

Auchan “congela” preços de bens essenciais e reforça incentivo à poupança

Produtos como ovos e lacticínios, peixe fresco, carne, congelados, fruta, legumes e pão, são os principais artigos a integrar este cabaz, que é diferente todos os meses e tem, não só, produtos de marca própria, mas também produtos de fornecedor.

Vendas da Jerónimo Martins sobem 21,5% para 25 mil milhões de euros em 2022

As vendas do grupo Jerónimo Martins subiram 21,5% para 25.400 milhões de euros em 2022, sendo que, em Portugal, as vendas do Pingo Doce aumentaram 11,2% para 4.500 milhões de euros, foi hoje comunicado ao mercado.

CTT lançam aplicação para pedir senhas e evitar filas de espera

Através da nova ‘app’ será também possível alterar o local de entrega de uma encomenda ou pagar portagens em atraso.
Comentários