TAP fecha 2017 com número recorde de passageiros

A companhia aérea transportou este ano mais de 14 milhões de pessoas. É o maior número de sempre em 72 anos de história.

A TAP anunciou, esta sexta-feira, um aumento de 21,8% nos passageiros transportados este ano face a 2016. O número vai ultrapassar os 14 milhões. Este desempenho histórico, vinca a empresa em comunicado, é  acompanhado de uma taxa de ocupação – load factor – de 82,9%, o que representa um acréscimo de 4,4 pontos percentuais face ao mesmo período do ano passado.

Para celebrar a fasquia dos 14 milhões de passageiros transportados, a TAP surpreendeu, esta sexta-feira, o passageiro número 14 milhões do ano 2017. João Humberto Martorelli, que se preparava para embarcar no Recife para Lisboa, neste 29 de  dezembro, foi contemplado com uma viagem para duas pessoas à Europa.

A TAP voa hoje para 83 destinos, mais oito do que em 2016, em 34 países, mais quatro do que no ano passado.

“A estratégia de expansão terá continuidade em 2018, tendo já sido anunciadas pelo CEO, Fernando Pinto: duas novas rotas a partir de Lisboa – Florença (Itália) e Nouakchott (Mauritânia) – o crescimento da operação a partir do Porto, com voos bi-diários para Milão e Barcelona, Londres (aeroporto de London City), com seis voos semanais, e voos diários para Ponta Delgada, nos Açores”, salienta ainda o documento.

A partir de junho, acrescenta, será igualmente reforçada a operação no longo curso com mais quatro voos semanais para S. Paulo e mais um para Brasília, Belo Horizonte e Toronto, no Canadá.

O documento refere também que a TAP Cargo está a terminar o ano de 2017 com números recorde. No final deste ano, terão sido transportadas cerca de 78.500 toneladas de carga e correio nos aviões da Companhia, o que representa um aumento de 25% face a 2016.

Recomendadas

Capgemini Portugal estima que receitas cresçam 16% em 2022 e tem 600 vagas de trabalho por preencher

A consultora tecnológica revelou ainda que está prestes a lançar o quarto laboratório de investigação no país, que será dedicado à cibersegurança da computação quântica e para a qual estão alocados cinco doutorados.

Pires de Lima revela que BCSD Portugal deverá incluir 200 empresas em três anos

O CEO da Brisa põe o aspecto social e combate à pobreza no topo das prioridades para caminharmos para um mundo mais sustentável. Pires de Lima invocou o BCSD Portugal, de que faz parte, revelando que reúne 140 empresas mas deverá chegar a 200 no prazo de três anos.

Novo Banco: Tribunal de Contas atento ao acolhimento das recomendações, diz José Tavares

O presidente do Tribunal de Contas, José Tavares, afirmou hoje que o Tribunal “continuará ativo” em relação ao Novo Banco nomeadamente ao nível da aplicação das recomendações formuladas nas auditorias.
Comentários