Trump ameaça ‘shutdown’ se não houver financiamento para o muro

O presidente norte-americano apresentou uma proposta de financiamento para a construção do muro fronteiriço no valor de 5 mil milhões de dólares. Caso não seja aprovado, Trump ameaça ‘shutdown’ do Governo.

O Congresso foi apanhado de supresa esta sexta-feira, quando o presidente Donald Trump alertou para um longo shutdown caso não seja aprovada a proposta de financiamento para a construção do muro fronteiriço entre os EUA e o México, até à meia-noite de hoje, 21 de dezembro.

O presidente norte-americano promete que parte do governo ficará inativa, no entanto, fontes dentro da Casa Branca admitem que os legisladores parecem estar longe de ceder à pressão de Trump.

Os republicanos aprovaram um projeto de lei esta quinta-feira, 20 de dezembro para injetar mais 5 mil milhões de dólares (cerca de 4.3 mil milhões de euros) na construção do muro do presidente. Espera-se que o Senado rejeite a legislação ao meio-dia de hoje.

A Câmara de Representantes, controlada pelo Partido Republicano já aprovou uma medida de financiamento temporário que exclui o financiamento da parede. Os democratas, cujos votos são necessários para atingir os 60 necessários no Senado, já disseram repetidas vezes que não aprovariam fundos para a construção da barreira. Atualmente, os republicanos detêm uma maioria de 51-49.

Trump vai-se encontrar com os republicanos do Senado às 10h30 (15h30, hora de Lisboa) para “discutir a Lei de Financiamento e a importância da segurança nas fronteiras”, disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, no Twitter.

Relacionadas

Wall Street abre de forma contida com ‘shutdown’ na mira

O Dow Jones abriu a evoluir favoravelmente 0,22% para 22.910,88 pontos enquanto o Standard & Poor’s 500 avançava 0,32% para 2.475,375 pontos. Já o Nasdaq Composite valorizava 0,433% para 6.556,46 pontos no início da sessão.
Recomendadas

Humanidade só se salva se defender o planeta Terra e a biodiversidade- Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou hoje que a única saída para salvar a Humanidade é “investir no planeta Terra” e deter a perda de biodiversidade.

Peru: Vice-Presidente investida como nova chefe de Estado

Dina Boluarte, anterior vice-presidente peruana, foi empossada como a nova chefe de Estado, depois de Pedro Castillo ter sido destituído pelo Congresso, acusado de tentar executar um golpe de Estado ao anunciar a dissolução daquele órgão.

Irão: Greve resulta em mais um dia de repressão de protestos estudantis

O Irão viveu mais uma jornada de greve com o comércio parcialmente fechado e manifestações de estudantes universitários contra o regime, reprimidas pelas forças de segurança.
Comentários