PremiumUMa integra mestrado internacional sobre alterações climáticas e diversidade

A conclusão deste curso dá direito a dois títulos, o universal e aquele que depende do percurso escolhido por cada aluno.

A Universidade da Madeira (UMa) integra um mestrado internacional sobre alterações climáticas e diversidade, sob a coordenação da Universidade de Pádua, em Itália.

Para além das duas universidades, participam ainda neste mestrado a Universidade Andina Simón Bolívar, no Equador, a Universidade OUAGA Professor Joseph KI-ZERBO, em Burkina Faso, e a Universidade de Joanesburgo, na África do Sul.
O mestrado internacional em Alterações Cimáticas e Diversidade: Desenvolvimento Territorial Sustentável tem a duração de dois anos e possibilita a escolha entre quatro percursos académicos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 6 de maio.

Recomendadas

PremiumKalininegrado e Transnístria podem ser as próximas fronteiras do conflito

O enclave russo na Europa e a Moldava podem ser o próximo passo da escalada do conflito entre a Rússia e o Ocidente. A questão de Kalininegrado é muito delicada:está rodeada de territórios da NATO.

Premium“A prazo, todos pagamos” problema da precariedade, diz Renato do Carmo

Precariedade impacta a sustentabilidade da Segurança Social e retira o papel de inclusão social ao trabalho, defende o investigador.

PremiumBCE afasta estagflação e vinca diferença entre anos 70 e atualidade

Com um mercado laboral mais forte, desemprego em mínimos históricos e um banco central comprometido com uma baixa da inflação, o BCE vê o cenário de estagflação como menos provável do que nos anos 70. Projeção de crescimento de 2,8% afasta esta possibilidade.
Comentários