Vauld congela transações cripto devido à volatilidade no mercado

A Vauld junta-se a outras empresas de empréstimos de criptomoedas que decidiram suspender transações devido à forte volatilidade que se vive no mercado.

Bitcoin

Depois da Celsius Network, uma das principais empresas de empréstimos de criptomoedas, foi agora a vez de a Vauld congelar todos os levantamentos e depósitos na sua plataforma devido à volatilidade no mercado.

A empresa está a enfrentar “desafios financeiros” devido à “volatilidade, às dificuldades financeiras dos nossos principais parceiros, que inevitavelmente nos afetam, e ao ambiente atual no mercado” que levou os clientes a retirarem mais de 197,7 milhões de dólares da plataforma desde 12 de junho, afirma Darshan Bathija, CEO da Vauld, citado pela “CNBC”.

A Vauld diz estar a trabalhar com os seus consultores jurídicos e financeiros para “explorar e analisar todas as opções possíveis” e que melhor protejam os interesses dos stakeholders.

Esta decisão é tomada menos de três semanas depois de o presidente executivo ter afirmado que a empresa continuava a “operar como habitual apesar da volatilidade no mercado”.

Em meados de junho, a Celsius Network também suspendeu todos os levantamentos e transferências entre contas, devido “às condições extremas do mercado” de criptoativos, indicou, à data, a plataforma.

Este movimento acontece depois de a Bitcoin ter registado o pior desempenho trimestral desde 2011 no segundo trimestre, com o mercado de critpomoedas a perder muitos milhares de milhões no período de três meses.

Recomendadas

Wall Street começa bem mas acaba no vermelho

Os mercados finalmente parecem ter entendido que a Reserva Federal ainda não se decidiu a moderar o aumento das taxas de juro. Antes disso, é preciso que a moderação do crescimento da inflação se consolide.

Bolsa de Lisboa encerra sessão no verde com Galp a liderar ganhos

Além da Galp, BCP encerra sessão a valorizar 3,23% para 0,1567 euros e a Mota-Engil a crescer 1,81% para 1,204 euros.

Wall Street abre em terreno positivo

No mercado petrolífero, o Brent sobe 1,31% para 98,68 dólares por barril e o WTI ganha 1,53% para 93,34 dólares.  
Comentários