Volkswagen Financial Services cria novo hub tecnológico em Matosinhos com apoio da CBRE

A CBRE, consultora na prestação de serviços para o sector imobiliário, acaba de fixar o novo hub tecnológico da Volkswagen Financial Services no Lionesa Business Hub, em Leça do Balio, no concelho de Matosinhos. As instalações da empresa alemã ocupam um total de 1.100 metros quadrados.

A CBRE, consultora na prestação de serviços para o sector imobiliário, acaba de fixar o novo hub tecnológico da Volkswagen Financial Services no Lionesa Business Hub, em Leça do Balio, no concelho de Matosinhos.

As instalações da empresa alemã ocupam um total de 1.100 metros quadrados e têm capacidade para receber cerca de 130 colaboradores, num centro empresarial que acolhe 120 empresas, a maior parte multinacionais e do sector tecnológico, detalha o comunicado.

A Volkswagen Financial Services está em Portugal desde 2011 e é a maior entidade no mercado de financiamento automóvel na Europa, assumindo a coordenação das atividades financeiras do grupo Volkswagen em todo o mundo. A empresa prevê contratar 150 novos colaboradores até ao final de 2024.

“O Centro Empresarial Lionesa tem vindo a crescer e a criar cada vez mais e melhores condições para atrair e reter empresas internacionais no Norte do País, como é agora o caso da Volkswagen Financial Services, que procurava uma morada para instalar o seu novo hub tecnológico”, explica André Almada, Diretor de Offices Advisory & Transaction Services da CBRE Portugal.

“Com foco no futuro e nos novos modelos de trabalho, o centro empresarial soube adaptar o espaço do escritório, mas também toda a envolvente, ao manter um equilíbrio entre trabalho, cultura e bem-estar. Por outro lado, o projeto da Lionesa para duplicar o seu complexo até 2025 e a vontade de ali criar uma autêntica cidade empresarial foi igualmente importante na decisão da Volkswagen Financial Services, até porque a empresa pretende continuar a investir em Portugal”, adianta.

 

Recomendadas

Fitch melhora perspetiva do rating do BCP

A mudança de perspectiva para o rating do BCP reflete, em parte, uma maior clareza em torno do provisionamento necessário para cobrir os riscos legais do Bank Millennium com empréstimos hipotecários denominados em francos suíços, na Polónia.

Sindicatos dos Quadros e SIB pedem apoio extraordinário para bancários no ativo

Ainda sobre as medidas do Governo de apoio para fazer face à inflação, o Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB) e o SIB (Sindicato Independente da Banca) pedem parecer sobre constitucionalidade do apoio aos pensionistas e exigem apoio extraordinário para bancários no ativo.

Rácio de crédito malparado na banca melhora para 3,4% no segundo trimestre

A queda “reflete a diminuição dos NPL (-4,0%) e o aumento dos empréstimos produtivos (+1,8%)”, explica o supervisor da banca. A rentabilidade também melhorou.
Comentários