Wall Street abre no ‘verde’ em linha com as congéneres europeias

Cerca das 14:40 (hora de Lisboa), o tecnológico Nasdaq aprecia 1,04% para 12.790,10 pontos, enquanto o industrial Dow Jones avança 0,60% para 32.999,21pontos e o financeiro S&P 500 ganha 0,67% para 4.173,09 pontos. Por sua vez, o Russel 2000 valoriza 1,26% para 1.944,55 pontos.

Wall Street | Spencer Platt/Getty Images

A bolsa de Nova Iorque abre a sessão desta segunda-feira com os principais índices em terreno positivo, alinhado com o sentimento que se vive nos mercados europeus.

Cerca das 14:40 (hora de Lisboa), o tecnológico Nasdaq aprecia 1,04% para 12.790,10 pontos, enquanto o industrial Dow Jones avança 0,60% para 32.999,21 pontos e o financeiro S&P 500 ganha 0,67% para 4.173,09 pontos. Por sua vez, o Russel 2000 valoriza 1,26% para 1.944,55 pontos.

“Os mercados norte-americanos abrem em território positivo impulsionados pelo sentimento que se vive nas congéneres europeias, mantendo o sentimento da semana passada, apesar de dados revelados na passada sexta-feira mostrarem que o mercado de trabalho continua forte, dando margem para uma maior agressividade na subida da taxa diretora por parte da FED. O sentimento positivo também parece não ser afetado pelas declarações de diversos oficiais da FED, que referiram que o combate à inflação poderá ser mais difícil do que o esperado e que a hipótese de uma subida de 75 pontos base na próxima reunião da Reserva Federal não está excluída”, destaca o analista do Millenium Investment Banking, Ramiro Loureiro.

“No seio empresarial, importante de notar empresas do sector de renováveis, que disparam depois da aprovação de um projeto de lei que beneficia o sector. Destaque também para a BionTech e Palantir que tombam depois de terem apresentado resultados aquém do estimado. A Nvidia recua mais de 6% após reportar dados preliminares. A Palantir tomba mais de 14%, também, depois de desiludir com resultados e Outlook”, acrescenta.

Em relação ao preço do barril de petróleo, em Nova Iorque, o WTI cai 0,36% para os 88,66 dólares por barril, e o Brent desvaloriza 0,07% para os 94,94 dólares em Londres.

No mercado cambial, o euro está a ser negociado perto dos 1,02 dólares depois de apreciar 0,28%.

Relacionadas

Bolsa de Lisboa segue sessão no ‘verde’ em linha com principais bolsas europeias

No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização de 0,06% face ao dólar, para os 1,0187 dólares.
Recomendadas

PSI lidera subidas na Europa com CTT e NOS a valorizarem à volta de 5%

“As bolsas europeias ganharam ânimo ao longo da sessão e acabaram por encerrar em alta, com o PSI em destaque, ao valorizar quase 2%. O índice de ações português foi impulsionado pelo disparo superior a 5% da NOS, perante perspetivas de que o mercado móvel nacional possa encolher de cinco para quatro players depois da Vodafone Portugal ter concordado em comprar a Nowo”, relata o analista do Millennium BCP, Ramiro Loureiro.

Samba Digital entra na Bolsa de Lisboa a 6 de outubro

A Samba Digital trabalha com os maiores clubes e jogadores do futebol inglês, francês, italiano e alemão. E, desde este ano, com a Primeira Liga Portuguesa.

CMVM publica três documentos com recomendações para o investidor

Na “Semana do Investidor” a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários avança com duas publicações. Sendo uma delas o “Relatório do Investidor” e a outra um estudo sobre Incentivos à Poupança de Longo-Prazo. Hoje é publicada também a brochura sobre Finanças Sustentáveis para ajudar os investidores a identificarem as características deste tipo de investimentos, o que os distingue e quais os cuidados a ter.
Comentários