Wall Street fecha mista com Dow Jones castigado pelo sector financeiro

Apesar dos resultados positivos apresentados por JPMorgan Chase, Citigroup e Wells&Fargo, os investidores ficaram algo preocupados com a subida de custos do primeiro banco e a queda nos lucros do segundo, levando o sector a recuar na última sessão da semana.

Wall Street fechou a semana em terreno misto, com o Dow Jones castigado pelos fracos desempenhos do sector bancário em época de resultados trimestrais, enquanto o Nasdaq conseguiu avançar.

O Dow Jones caiu 0,56% para os 35.911,81 pontos, conseguindo minimizar perdas num dia em que chegou a recuar mais de 300 pontos. O S&P 500 fechou quase invariado, avançando apenas 0,07%, enquanto o Nasdaq avançou 0,59% até aos 14.893,8 pontos.

Mais uma época de divulgação de resultados trimestrais arrancou esta sexta-feira, com grandes nomes da banca norte-americana como o JPMorgan Chase, Citigroup e Wells&Fargo a anunciar os seus números do último trimestre de 2021. Apesar de algumas métricas até terem excedido as expectativas, o lucro da Citigroup caiu e a JPMorgan sinalizou que deverá continuar a ver os seus custos aumentarem nos próximos dois anos, empurrando todo o sector para baixo.

A JPMorgan Chase caiu mais de 6% na sessão, com outros pesos-pesados financeiros como a Morgan Stanley, Goldman Sachs e Bank of America a recuarem 3,59%, 2,51% e 1,80%. O Citigroup perdeu 1,20% na sessão. A esceção foi mesmo a Wells&Fargo, cujo título valorizou 3,66%.

Um sector com bons resultados na última sessão da semana foi o dos casinos, depois de Macau ter anunciado a emissão de seis licenças de exploração na ilha, conhecida como a capital mundial do jogo. O Las Vegas Sands e o Wynn Resorts, dois nomes fortes desta área, avançaram 14,05% e 8,60%, respetivamente.

O sector tecnológico conseguiu fechar o dia no verde, levando o Nasdaq aos ganhos. Tesla, Netflix e Meta fecharam todas acima de 1%, com Amazon, Apple e Alphabet a também conseguirem avançar na última sessão da semana.

Recomendadas

Wall Street: Reserva Federal mantém todos os índices em alta

Os mercados do outro lado do Atlântico parecem ter interiorizado que, como pretendia, o combate à inflação vai ser menos bruto por parte do banco central. O dia foi de ganhos em todos os principais índices do mercado.

Transmissões gratuitas de aplicações em fundos de investimento ficam sujeitas a imposto de selo

As transmissões gratuitas de valores aplicados em fundos de investimento mobiliário e imobiliário ou em sociedades de investimento mobiliário e imobiliário passam a pagar Imposto do Selo, segundo uma proposta de alteração do PS ao OE2022 hoje aprovada.

PSI encerra no ‘verde’. BCP dispara mais de 5% e Greenvolt quase colada

Lisboa terminou a sessão em linha com as suas congéneres europeias. O CAC 40 ganhou 1,78%, DAX avançou 1,60%, IBEX apreciou 1,45%, e o FTSE100 valorizou 0,93%.
Comentários