Wall Street fecha misto e continua à espera

Os investidores continuam à espera de que republicamos e democratas se entendam na criação de um pacote de estímulos à economia. Mas, enquanto o desemprego sobe, Nancy Pelosi alerta para que talvez não haja novidades até ao Natal.

Crash de 25% em Wall Street

O Dow e o S&P 500 caíram no final do dia de negociações, ao mesmo tempo que o Nasdaq fechou moderadamente em alta, com os investidores à procura de sinais de progresso nas negociações sobre os estímulo fiscal para apoiar a economia – que nunca mais aparecem –depois de os dados do mercado de trabalho mostrarem mais um salto nos pedidos de auxílio ao desemprego.

O Dow Jones Industrial Average caiu 116,47 pontos, ou 0,39%, para 29.952,34 pontos; o S&P 500 perdeu 9,5 pontos, ou 0,26%, para 3.663,32 pontos; e o Nasdaq Composite cresceu 43,15 pontos, ou 0,35%, para 12.382,10 pontos.

Dados semanais de pedidos de auxílio ao desemprego dispararam para 137 mil pedidos, para chegarem aos 853 mil ajustados da sazonalidade, bem acima das expectativas de 725 mil, sendo o nível mais alto desde meados de setembro, o que coloca em evidência a necessidade de novas medidas de estímulo para apoiar uma economia em declínio.

Muitas ações caíram depois de o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, ter dito que as negociações entre senadores republicanos e democratas sobre os subsídios ao alívio da covid-19 estavam a conhecer “muitos progressos”. Mas aparentemente os investidores optaram por relevar que esses subsídios continuam a não existir

“Estamos numa situação difícil, atingimos um vale agora e tudo se baseia na aceleração desse processo”, disse Phil Blancato, CEO da Ladenburg Thalmann Asset Management, de Nova York, citado pela agência Reuters. “Precisamos desse anúncio, sem esse anúncio teremos volatilidade até o final do ano, sem dúvida.”

A recuperação vacilante do mercado de trabalho e o recente surto de infeções por covid-19 aumentaram a pressão sobre os legisladores para proporem outro pacote de resgate, já que a maior parte da ajuda financeira do governo para norte-americanos individuais e empresas acabou.

Esperava-se que o Senado estendesse já esta quinta-feira o financiamento do governo para dar tempo para o trabalho num pacote financeiro maior, mas a presidente da câmara baixa, Nancy Pelosi, levantou a possibilidade de as negociações voltarem a arrastar-se até ao Natal.

Também em foco estava uma reunião de consultores externos da Food and Drug Administration (FDA) no final do dia, para decidir se recomenda que a agência autorize a vacina contra a covid-19 da Pfizer para uso de emergência. Elementos que estiveram no encontro disseram que as vacinações poderiam começar já neste fim de semana, se o FDA aceitasse.

Recomendadas

Wall Street fecha com perdas à espera de novos dados do emprego norte-americano

Os três principais índices encerraram as negociações a encarnado. O Twitter ainda arrancou a sessão a subir, mas as ações da rede social acabaram por desvalorizar mais de 3% na sequência de Elon Musk, dono da Tesla que quer comprar a empresa, ter perdido os parceiros de investimento (Apollo Global Management e Sixth Street Partners) no negócio.

Diretora do FMI avisa que situação económica “ainda vai piorar antes de melhorar”

“A incerteza é muito elevada”, referiu Kristalina Georgieva, destacando os efeitos da guerra, apontando que pandemia que “ainda não desapareceu” e acrescentando também que “os riscos em torno da estabilidade financeira estão a crescer”.

PSI fecha em queda em linha com Europa. EDPs lideram perdas

As bolsas europeias encerraram na sua globalidade em baixa. Já o petróleo está em rota ascendente depois de a OPEP+ ter anunciado um corte agressivo na produção. Por sua vez as ‘yields’ da dívida a 10 anos estão em alta.
Comentários