“Trágica novela que o Governo suporta e a Justiça contempla”. Rio critica novo pedido de capital do Novobanco

“Que haverá mais para dizer desta trágica novela que o Governo suporta e a Justiça contempla?”, questiona o líder do PSD na sequência da notícia avançada pelo JE e que dá conta de que o Novobanco está a preparar um novo pedido de capital em ano de lucros.

José Coelho/Lusa

O líder-social democrata critica o novo pedido de capital do Novobanco, considerando o requerimento como o uma “trágica novela que o Governo suporta e a Justiça contempla”.

Numa mensagem partilhada na rede Twitter, Rui Rio adaptou o hino da mocidade portuguesa para deixar críticas: “Lá vamos, cantando e rindo / Levados, levados, sim / Por impostos que vão subindo / De quem lhes não vê fim.”

De acordo com a notícia avançada esta sexta-feira pelo Jornal Económico, o banco liderado por António Ramalho deverá avançar com um novo pedido de capital mesmo depois de ter registado lucros e de já ter recebido mais de 3,4 mil milhões de euros no âmbito do mecanismo de capital contingente. O banco precisa de uma nova injeção para repor rácios de capital, isto apesar de ir apresentar os primeiros lucros anuais desde que foi criado, que devem ficar próximos dos 200 milhões de euros.

Relacionadas

PremiumNovobanco vai avançar com novo pedido de capital em ano de lucros

O banco já pediu mais de 3,4 mil milhões de euros no âmbito do mecanismo de capital contingente, mas está a preparar um novo pedido referente a um ano em que os lucros devem aproximar-se dos 200 milhões de euros.
Recomendadas

Luís Menezes Leitão formaliza recandidatura a bastonário da Ordem dos Advogados

O atual bastonário da Ordem dos Advogados, Luis Menezes Leitão, anunciou que formalizou esta terça-feira em Lisboa a sua recandidatura ao cargo para o triénio 2023-2025.

Censura do Chega a Santos Silva “padece de inconformidade constitucional e regimental”

A iniciativa do Chega que pretende censurar o comportamento do presidente do parlamento, Augusto Santos Silva, “padece de inconformidade constitucional e regimental”, não tendo condições para ser admitida, defende um parecer elaborado pela deputada única do PAN.
Carlos Moedas

Um ano de Carlos Moedas. Oposição lança críticas à liderança do autarca da Câmara de Lisboa

No geral, PS, PCP e BE fazem uma avaliação negativa da liderança do presidente da Câmara Municipal de Lisboa e todos os partidos falam em retrocessos ou más decisões, especialmente no que toca à habitação.
Comentários